Sofá Elétrico Braz - Klie -

Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco ommodo consequat.

Monday to Friday: 9-20
Saturday to Sunday: closed

por Esteban Fidelis

Dimensões: A | 74 x C | 360 x P | 110 cm
Estofado: Consultar disponibilidade de tecidos
Pés: Aço Carbono
Ref.: SB-1

Observação: Imagens Ilustrativas

PROCESSO

Conheça mais detalhes de nossos produtos e veja o que há por trás de cada processo e material que constituem nossas peças.

Cada módulo do sofá recebe uma combinação de espumas especiais capazes de tornar a sua experiência de sentar mais agradável. Além do uso de percintas elásticas italianas e combinações de espumas em função do uso, valorizamos e investimos na sensação tátil de nossas peças. Com o objetivo de tornar o produto confortável antes de se sentar, utilizamos tipos especiais de espuma para o acabamento. A Hiper Soft é a espuma utilizada para conferir um toque agradável no apoio de braços e encosto (imagem), além de preservar as linhas estéticas e proporção do produto por tempo indeterminado. No assento utilizamos a Ultracel, como última camada de espuma para conferir mais durabilidade, conforto e estabilidade ao sentar.

INSPIRAÇÃO

Todos os nossos produtos possuem um universo criativo por trás de cada peça. Aqui é possível ver um pouco do que inspira nossos designers a desenhar nossos móveis.

Ilustração de Candido Portinari para o livro Memórias póstumas de Brás Cubas.

“(…), e fui descalçar as botas, que estavam apertadas. Uma vez aliviado, respirei à larga, e deitei-me a fio comprido, enquanto os pés, e todo eu atrás deles, entrávamos numa relativa bem-aventurança. Então considerei que as botas apertadas são uma das maiores venturas da terra, porque, fazendo doer os pés, dão azo ao prazer de as descalçar. Mortifica os pés, desgraçado, desmortifica-os depois, e aí tens a felicidade barata, ao sabor dos sapateiros e de Epicuro.”

Página 48, Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)

A obra Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, faz-se ponto referencial para o conceito do sofá Braz. Rompendo com a linearidade do tempo regular e fazendo uso da interlocução entre o personagem Brás Cubas e o leitor, o autor nos conta, a partir da morte de Brás, toda a sua vida repleta de prazeres e desventuras.

 

Como expoente e pai do realismo literário brasileiro, Machado de Assis possui a capacidade singular de construir uma narrativa que busca desmascarar o ser humano real. Por meio de reflexões do personagem, compartilhadas com o leitor, Machado de Assis construiu uma narrativa em que podemos encontrar nossos próprios pensamentos, desejos e emoções.

 

O sofá Braz, primeiramente, busca ser uma homenagem e um convite para conhecer a incrível história desse autor brasileiro, que alcançou reconhecimento nacional e internacional, tanto em seu tempo como na atualidade. Por extensão, o sofá Braz é um ode ao realismo, expresso na obra de Memórias Póstumas de Brás Cubas, pois dedica-se aos anseios dos prazeres e realizações que pertencem a todos. A peça busca encorajar e provocar emoções e comportamentos reais e elementares, redescobrindo a sutileza da felicidade em suprir o mais elementar dos desejos psicológicos e físicos.