1/4
CASA CONTAINER Reaproveitamento de containers: prolongamento o ciclo de vida dos materiais. Envelopamento de fachada com madeira certificada com extração responsável. Isolamento termo-acústico realizado com lã de pet, material reciclado que é hipoalergênico e não prejudicial à saúde.
CASA CONTAINER Reaproveitamento de containers: prolongamento o ciclo de vida dos materiais. Envelopamento de fachada com madeira certificada com extração responsável. Isolamento termo-acústico realizado com lã de pet, material reciclado que é hipoalergênico e não prejudicial à saúde.
CASA HOLSTEINER Sistema de construção projetado em Light Steel Frame: resultando em uma obra mais planejada, com maior eficiênia termo-acústica e com redução de resíduos na fonte de fabricação. Telhado vegetado: melhor conforto termo-acústico, gerenciamento de águas pluviais (para drenagem equilibrada à rede pública) e redução dos efeitos de ilhas de calor, minimizando impactos no aquecimento global).
CASA HOLSTEINER Sistema de construção projetado em Light Steel Frame: resultando em uma obra mais planejada, com maior eficiênia termo-acústica e com redução de resíduos na fonte de fabricação. Telhado vegetado: melhor conforto termo-acústico, gerenciamento de águas pluviais (para drenagem equilibrada à rede pública) e redução dos efeitos de ilhas de calor, minimizando impactos no aquecimento global).
CASA LA SUPERBA Aberturas dimensionadas para melhor otimização da luz natural, revestimentos de alta refletância diminuindo a absorção da radiação solar, seleção de equipamentos de climatização de alta eficiência, reduzindo a demanda de energia e com uso de refrigerantes selecionados, diminuindo o potencial de depleção da camada de ozônio.
CASA LA SUPERBA Aberturas dimensionadas para melhor otimização da luz natural, revestimentos de alta refletância diminuindo a absorção da radiação solar, seleção de equipamentos de climatização de alta eficiência, reduzindo a demanda de energia e com uso de refrigerantes selecionados, diminuindo o potencial de depleção da camada de ozônio.
CASA LA SUPERBA Aberturas dimensionadas para melhor otimização da luz natural, revestimentos de alta refletância diminuindo a absorção da radiação solar, seleção de equipamentos de climatização de alta eficiência, reduzindo a demanda de energia e com uso de refrigerantes selecionados, diminuindo o potencial de depleção da camada de ozônio.
CASA LA SUPERBA Aberturas dimensionadas para melhor otimização da luz natural, revestimentos de alta refletância diminuindo a absorção da radiação solar, seleção de equipamentos de climatização de alta eficiência, reduzindo a demanda de energia e com uso de refrigerantes selecionados, diminuindo o potencial de depleção da camada de ozônio.

Quando falamos de residências de alto padrão, principalmente dentro dos condomínios residenciais, o conceito de uma “casa moderna” para o mercado imobiliário é muitas vezes estabelecido pelos aspectos visuais das formas das fachadas, na formatação dos ambientes e nos materiais que as revestem. Entretanto, este entendimento transcendeu estes aspectos e, atualmente, somado à funcionalidade e formas, o que vem à tona como questão central é a sustentabilidade.

À medida em que as pessoas se informam quanto aos benefícios, passam a entender o valor de uma casa de alto desempenho utilizando soluções econômicas como melhor aproveitamento da iluminação e ventilação natural, do uso de técnicas, sistemas, materiais adequados, entre outros. Estas medidas geram diversos benefícios, dentre eles o prolongamento do ciclo de vida dos materiais e a redução dos impactos do efeito estufa.

Isso resulta em uma maior consciência, evoluindo e selecionando naturalmente o mercado, tendo como resultante um maior valor agregado nestas edificações. E não significa necessariamente que tenham um custo mais elevado, considerando que as soluções sustentáveis mais econômicas acontecem na etapa de um projeto bem planejado, onde são pensadas as melhores estratégias.

O Brasil ocupa as primeiras colocações no mundo de edificações com a certificação sustentável LEED e o número de projetos registrados vem crescendo a cada ano, refletindo o avanço da postura do país junto às edificações mais responsáveis.

À medida em que nós, profissionais, nos qualificamos ampliando nossa consciência e nos habituamos a dedicar mais tempo ao planejamento, as soluções de projeto contribuirão cada vez mais com todas as formas de economia de uma casa, seja ela para fins de moradia ou comerciais.

No contexto do mercado imobiliário, uma residência sustentável certificada representa valor agregado de uma edificação comprovadamente diferenciada e de alta qualidade, que promove bem-estar aos ocupantes e economias consideráveis em sua operação e manutenção. Se pensarmos em uma casa com um conceito regenerativo onde os impactos são positivos perante à natureza, um exemplo prático seria a possibilidade de produção de energia renovável gerada pela própria residência, onde a energia excedente é enviada para a rede da concessionária, resultando no abatimento da conta de luz.

Neste aspecto, o mercado imobiliário brasileiro apresenta crescente valorização, isso mostra que já percebeu-se o valor agregado de uma casa de alto desempenho e o potencial econômico-financeiro perante o mercado será proporcional às suas características sustentáveis, gerando ótimos rendimentos para os envolvidos, maior economia e melhor qualidade de vida para as pessoas que habitam e a consciência tranquila de que estamos no caminho certo com o nosso planeta.